We use cookies to improve your browsing experience.

And dolphins make us happy. Find out more about our cookies policy here.

GetMyBoat Logo
    Vintage and White ( Greenline 40 ), em Porto, PortugalVintage and White ( Greenline 40 ), em Porto, PortugalVintage and White ( Greenline 40 ), em Porto, PortugalVintage and White ( Greenline 40 ), em Porto, Portugal

    Vintage and White ( Greenline 40 ), em Porto, Portugal

    Estimated price
    USD $813 / hour (3 hours minimum)
    EJ
    Owner

    Eduardo

    PASSEIO DE 3 HORAS !   Passeio de charme com saída da Douro Marina e partida à descoberta do Porto, das suas pontes e paisagens históricas. As 6 pontes do Rio Douro: Hoje, são 6 as pontes do Porto que ainda podem ser vistas e, 5 delas atravessadas, são um marco incontornável da cidade. Cheias de história(s) e curiosidades, as 6 pontes do Porto merecem ser conhecidas.   AS PONTES QUE JÁ NÃO EXISTEM: Ponte das Barcas  Antigamente, a travessia entre as margens do Porto e Vila Nova de Gaia era feita com recursos a barcos, barcaças ou batelões. Em 1369 foi criado um passadiço, mas com as chuvas intensas e consequentes cheias do rio, a ponte improvisada ficava destruída. Com o tempo e com a necessidade de uma travessia permanente para pessoas e mercadorias, nasceu a Ponte das Barcas, em 1806. Era constituída por cerca de 30 barcaças ligadas por cabos de aço, com uma abertura central para dar passagem ao tráfego fluvial. Reza ainda a história que a 29 de março de 1829, enquanto milhares de portuenses fugiam das tropas do General Soult, o alçapão central da ponte foi aberto e a ponte desfez-se.   Ponte Pênsil ou Ponte D. Maria II  Com o aumento do tráfego, foi necessária a construção de uma nova ponte. Assim, em 1843, nasceu a famosa Ponte Pênsil, obra dos engenheiros Bigot e Mellet. Esta ponte suspensa foi demolida mais tarde em 1887 para dar lugar à Ponte D. Luís I, localizada mesmo ao seu lado.   AS 6 PONTES QUE AINDA PODE VER:   Ponte Maria Pia A Ponte Maria Pia, construída entre 1876 e 1877 pela empresa de Gustave Eiffel, foi a primeira ponte ferroviária da cidade. É uma ponte constituída por um arco que suporta o tabuleiro de 354 metros de comprimento. Por possuir apenas uma só linha, obrigava à passagem de uma composição de cada vez, a uma velocidade que não podia ultrapassar os 20km/h e com cargas muito limitadas, foi-se tornando obsoleta e, no final do séc. XX foi encerrada a sua circulação. Curioso é referir que esta obra de construção não demorou sequer 2 anos a ser terminada: as obras começaram em Janeiro de 1876 e terminaram em Outubro do ano seguinte - fantástico não acha?   Ponte D. Luís I  A Ponte D. Luís I (ou D. Luiz I, de seu verdadeiro nome) é a ponte mais icónica do Porto e uma das mais famosas em Portugal. Com uma estrutura metálica e com dois tabuleiros, foi construída entre 1881 e 1888 (ano em que foi finalizado o segundo tabuleiro) e projetada por Teófilo Seyrig, discípulo de Gustave Eiffel. A ponte foi orçada em 369 contos. O arco de ferro desta ponte é considerado o maior arco do mundo em ferro forjado.   Ponte da Arrábida  Em 1952 decide-se construir a Ponte da Arrábida, projetada pelo Eng. Edgar Cardoso, a obra foi terminada em 1963, tendo sido considerada durante alguns anos a maior ponte em betão armado do mundo. Foi a primeira grande ponte sobre o rio Douro em Portugal projetada e construída pela Engenharia Portuguesa. Possui um vão de 270m, atinge 70m acima do nível médio das águas. Ainda hoje, a Ponte da Arrábida continua a ser a principal ligação entre a cidade do Porto e a margem sul do Douro.   Ponte de São João  Com o aumento do fluxo de mercadorias e com o crescimento do tráfego ferroviário, tornou-se necessário substituir a Ponte Maria Pia. Projetada pelo Eng. Edgar Cardoso, a sua construção foi iniciada em 1984 e inaugurada em 1991. É uma ponte em pórtico múltiplo contínuo, com pilares verticais e três vãos. É ainda hoje a única infraestrutura ferroviária a transportar a Linha do Norte sobre o Rio Douro.   Ponte do Freixo A Ponte do Freixo nasce em 1995 para pela necessidade crescente de minimizar os congestionamentos ao trânsito automóvel vividos nas Pontes da Arrábida e D. Luís I. O projeto é da autoria do Professor António Reis e possui a curiosidade de se tratar, na verdade, de duas pontes construídas lado a lado e afastadas 10 cm uma da outra. Hoje tem oito vias de trânsito e destina-se, exclusivamente, ao trânsito rodoviário de cerca de 100 mil viaturas por dia, em média!   Ponte do Infante D. Henrique  Inaugurada em 2003, a Ponte do Infante D. Henrique foi construída para substituir a travessia automóvel que até então se fazia pelo tabuleiro superior da Ponte D. Luís, entretanto convertido para uso do Metro do Porto. Esta ponte com 371 metros de extensão foi projetada pelos engenheiros António Adão da Fonseca e Francisco Millanes Mato.  Construída em plena zona histórica, liga o pitoresco Bairro das Fontaínhas à famosa Serra do Pilar (onde se pode observar uma das mais bonitas vistas sobre o Porto).  

    Captain is included.
    A captain is provided by the listing owner to host and operate the trip.
    Capacity
    12 guests
    Luxury, Events & Large groups
    Motor Yacht

    Check Availability

    EJ
    Owner

    Eduardo

    Features & Details

    Length
    40ft
    Year
    2017
    • Life jackets/required safety gear
    • Cabin
    • Toilet
    • Fuel type: Diesel

    Approximate Location

    You’ll get directions to the departure location when you make a booking.

    The boat's approximate location on a map

    Cancellation Policy

    Full refund up to 7 days prior.

    Additional Terms & Information

    Inclui: Passeio em regime de exclusividade; Combustível; Seguro Tripulação IVA.   Não inclui: Alojamento; Alimentação; Visita a museus; Visita a quintas; Taxa de navegação noturna de 100€.

    Similar Listings

    Fishing Tour in
    person$103
    Super Owner12 guests

    Fishing Tour in